Origina-se da palavra “Dhyan”, que Buda utiliza, em Páli – língua próxima do sânscrito –, para indicar o estado natural do ser. Quando o Seu discípulo Bodhidharma leva o Ensinamento para a China, a palavra se torna “Ch’an”. Quando o discípulo deste último, Rinzai, leva o Ensinamento para o Japão, a palavra se transforma em “Zen”. No Ocidente não existe uma tradução direta, de maneira que eruditos ocidentais escolheram a palavra “meditação” para traduzir o seu sentido. Infelizmente, pois a palavra já tinha o sentido de “refletir sobre”.

 

« Back to Glossary Index